18/10/2006 - Diversas Normas

Entram em vigor em 30/5/2005 cinco novas normas sobre desempenho térmico de edificações , abaixo relacionadas

ABNT NBR 15220-1 - Desempenho térmico de edificações - Parte 1: Definições, símbolos e unidades
Estabelece as definições e os correspondentes símbolos e unidades de termos relacionados com o desempenho térmico de edificações.
Origem: 02:135.07-001/1
8 páginas

ABNT NBR 15220-2 - Desempenho térmico de edificações - Parte 2: Métodos de cálculo da transmitância térmica, da capacidade térmica, do atraso térmico e do fator solar de elementos e componentes de edificações
Estabelece procedimentos para o cálculo das propriedades térmicas (resistência, transmitância e capacidade térmica, atraso térmico e fator de calor solar) de elementos e componentes de edificações.
Origem: 02:135.07-001/2
34 páginas

ABNT NBR 15220-3 - Desempenho térmico de edificações - Parte 3: Zoneamento bioclimático brasileiro e diretrizes construtivas para habitações unifamiliares de interesse social
Estabelece um zoneamento bioclimático brasileiro, abrangendo um conjunto de recomendações e estratégias construtivas destinadas às habitações unifamiliares de interesse social.
Origem: 02:135.07-001/3
30 páginas

ABNT NBR 15220-4 - Desempenho térmico de edificações - Parte 4: Medição da resistência térmica e da condutividade térmica pelo princípio da placa quente protegida
Estabelece o método absoluto para medição, em regime permanente, da resistência térmica e da condutividade térmica de materiais sólidos, usando-se a aparelhagem denominada placa quente protegida, tendo a placa uma largura total ou diâmetro acima de 200 mm e uma largura do anel de guarda entre 1/4 e 1/6 do diâmetro ou da largura total.
Origem: 02:135.07-001/4
10 páginas

ABNT NBR 15220-5 - Desempenho térmico de edificações - Parte 5: Medição da resistência térmica e da condutividade térmica pelo método fluximétrico
Estabelece o método de utilização de técnicas fluximétricas para medir a resistência térmica em regime estacionário, através de corpos-de-prova na forma de placas planas, podendo-se deduzir por cálculo a condutividade térmica.
Origem: 02:135.07-001/5
10 páginas

voltar